Reforma Administrativa promete pôr fim aos privilégios e reduzir o quadro de servidores

A proposta do governo federal de Reforma Administrativa focará num dos principais desajustes das contas nacionais: o alto custo do funcionalismo público. Comparado com outros países, os números brasileiros são significativos, e representam, atualmente, 13,6% do PIB. A proposta, na forma de PEC, será enviada ao Congresso e será para …