I. Atlântico entrega, em Brasília, proposta de Reforma Tributária

Fundador do Instituto Atlântico, o economista Paulo Rabello de Castro entregou nesta quarta-feira (18) em Brasília, a proposta do IA sobre a Reforma Tributária ao ministro Paulo Guedes.

O estudo subscrito também pelo jurista e colaborador, Prof. Miguel Silva, apresentou as recomendações do Atlântico baseadas em três princípios: simplificação, competição e desoneração.

Entre as principais vantagens da proposta do Atlântico estão:

  1. A definição do campo de atuação de cada ente tributante;
  2. Facilita o Pacto Federativo;
  3. Produz partilha automática e instantânea da arrecadação;
  4. Dispensa Fundos de Compensação;
  5. Mantém incentivos e vantagens até́ a data da reforma;
  6. Defende o cidadão/contribuinte mais pobre.

Implementadas essas recomendações, aliadas a um corte linear das despesas correntes do Governo, teremos como destravar a economia e liberar investimentos represados pelo atual estado das contas públicas.

Mais uma vez, o IA honra sua Missão, entregando aos gestores da economia a sua contribuição para o bem do Brasil e dos seus cidadãos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *