Relatório do Atlântico sobre a Reforma da Previdência é entregue aos senadores

Na última quinta-feira (22), o presidente do Instituto Atlântico Rafael Jordão Vecchiatti e o economista Paulo Rabello de Castro, entregaram aos senadores o Relatório do Instituto Atlântico que analisa e propõe melhorias significativas na reforma da previdência. O documento teve participação expressiva do economista Manuel Jeremias.

Participaram do encontro Glademir Aroldi da Confederação Nacional dos Municípios e ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

Além da reunião, Paulo Rabello de Castro participou do ciclo de audiências públicas na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) sobre a reforma da Previdência (PEC 6/2019).

Na palestra, Rabello alertou para a possibilidade de deserção do sistema previdenciário por uma grande massa de cidadãos, caso a reforma seja aprovada como está. Para ele, muitas pessoas vão buscar a aposentadoria imediatamente, de modo a escapar das novas regras, criando um rombo fiscal ainda maior.


Se os incentivos são negativos, haverá uma fuga. Se as alíquotas sobem, o tempo de contribuição sobe e nada é dado em troca, as pessoas vão para outras alternativas: MEI [microempreendedor individual], Simples, informalidade… Haverá uma forte queda da demanda pela clientela do segurado do INSS. As janelas de evasão não foram fechadas e algumas foram até mais escancaradas — avaliou Paulo Rabello.

A íntegra do material pode ser acessado aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *